Exposição de arte colectiva: Os Nacionalistas – Vamos Fazer Historia

O espaço Elinga acolheu um evento cultural multidisciplinar envolvendo artes Visuais, dança, teatro e música, em manifestação contra a demolição do prédio, e ao mesmo tempo uma homenagem ao edifício histórico que alberga, uns anos a esta parte, o Elinga-Teatro, espaço multicultural que desaparece agora. A programação foi orientada no sentido de abranger as disciplinas artísticas que aqui se desenvolveram, assim como as pessoas a elas associadas.

O foco do evento foi reafirmar a importância da existência do Elinga Teatro, como berço de movimentos artísticos históricamente importantes para o país, sendo “Os nacionalistas” um desses grupos, que se juntaram em 1990 com o objetivo de trabalhar sobre a identidade angolana à partir das artes visuais enfaticamente, chegando a agregar também artistas de outras áreas. Entre os nacionalistas estão artistas como Lino Damião, Yonamine, Gimby, Mateus Mário, Mwamby Wassaky, Thó Simões, Maniloy, SD Zabila, Zizi Grácia Ferreira, Celita (Marcela Marcos), Marcos Kabenda, Nelo Teixeira, Ihosvanny, Kilwanji Kia Henda, Raúl do Rosário e Fábio Cassule, entre outros.

Artigo – Os nacionalistas: Uma Jangada no mar das artes contemporâneas, Vladimir Prata

Contacto Telefónico

(+244) 930 340 168

 

Horários de abertura

Terça a Sexta Feira – 14h às 18h

Sábado – 9h às 12h

Segunda, Domingo e Feriados – Encerrado

 

Newsletter

Subscreve a nossa newsletter e recebe todas as novidades e ofertas exclusivas. Não enviamos spam.